Governo do Bahia disponibiliza canais para combater fake News

A FESF-SUS apoia e compartilha a companha de combate a Fake News. Participe, denuncie. Faça a sua parte.

O cidadão que tiver uma dúvida deve enviar mensagens para os perfis do Governo no Facebook, Instagram ou no Whatsapp (71) 99646-4095.

Por Governo da Bahia

Com o intuito de ajudar a população baiana a checar informações relacionadas ao Governo do Estado, principalmente no que se refere ao combate ao novo coronavírus, a Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom) disponibilizou três diferentes canais para tirar as dúvidas dos internautas e evitar o repasse das famosas fake news (notícias falsas). O cidadão que tiver uma dúvida deve enviar mensagens para os perfis do Governo da Bahia no Facebook (www.facebook.com/governodabahia/), no Instagram (www.instagram.com/govba) ou no Whatsapp, pelo número (71) 99646-4095.

Para o Governo do Estado, as fake news são disseminadas por pessoas que são consideradas milicianos digitais, “criminosos”, que neste momento de pandemia, estão ativamente difundindo mentiras e calúnias, inclusive manipulando vídeos, com o objetivo de descredibilizar prefeitos e governadores do Brasil inteiro. O Governo acrescenta que isso é um crime e espera que o STF apure rapidamente quem comanda essas quadrilhas.

Ainda de acordo com o Governo da Bahia, não são apenas os criadores das fake news que podem responder criminalmente, mas quem ajuda a repassar essas mentiras também pode ser responsabilizado. Por isso, foram criados esses canais com o objetivo de ajudar os baianos a conferirem a veracidade das informações, disseminando, deste modo, somente a verdade.

Informações adicionais sobre os canais e todas as ações executadas pelo governo baiano podem ser conferidas no site da Secom.

Multa contra fake News

O Governo do Estado encaminhou um projeto de lei à Assembleia Legislativa da Bahia, para combater a divulgação de notícias falsas sobre epidemias, endemias e pandemias em toda Bahia. A medida é adotada após o compartilhamento de uma série de fake news envolvendo a disseminação e combate ao novo coronavírus no território baiano.

O projeto estabelece a aplicação de multa para quem elaborar, divulgar e utilizar softwares ou outros mecanismos para o compartilhamento em massa de notícias falsas. O projeto será votado pela Alba e posteriormente sancionado pelo governador. O valor da multa, que será usado pelo Estado no combate a pandemias, vai ser definido após o projeto ser votado na Assembleia.

Texto e imagem ilustrativa: Governo da Bahia ( SECOM)