Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Desde os primeiros anúncios do surgimento da pandemia no Brasil, a Fundação Estatal Saúde da Família passou a receber encomendas tecnológicas e a planejar ações para atuar no combate à COVID-19 na Bahia.

A atuação de alguns serviços da FESF-SUS abrangem todos os 417 municípios do Estado. Dessa forma, foi necessário um novo desenho de algumas dessas ofertas, que tinham um impacto direto no cumprimento de metas estabelecidas no Plano Estadual de Contingências para o Enfrentamento do Novo Coronavírus (2019-n Cov).

APOIO INSTITUCIONAL

O Serviço está utilizando as tecnologias de conversas por vídeo, para seguir com a agenda de apoio aos gestores municipais. Os apoiadores institucionais organizaram agendas de teleconferências com foco nas medidas de contenção estabelecidas pela Secretaria Estadual de Saúde e no apoio para a elaboração de ações municipais de combate à COVID-19.

As ações remotas do apoio institucional foram orientadas por um documento assinado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, por meio da Diretoria Estadual de Atenção Básica e da Gestão do Apoio Institucional da FESF-SUS. Este documento destaca a prioridade da pauta durante as web reuniões, em discutir ações estratégicas para o enfrentamento da COVID-19, levantamento de demandas e a situação epidemiológica dos municípios.

Os apoiadores disponibilizam materiais orientadores sobre o tema e mantêm contato constante com os gestores, orientando-os para elaboração dos planos de ação municipais e priorizando os municípios com casos confirmados da COVID-19.  “Alguns pontos são importantes, como a organização da rede, demandas relacionadas à organização do trabalho das equipes de Atenção Básica, o funcionamento dos serviços de saúde e, principalmente, a definição da referência em casos graves da doença”, destacou Kally Soares, gestora do serviço na FESF-SUS.

Mesmo com os esforços para manter a regularidade das web reuniões com os gestores, a equipe do Apoio Institucional está funcionando em regime de plantão, por meio do “SESAB Atende”.  O canal de atendimento está aberto para atender  gestores, usuários e trabalhadores, em dois turnos.

TELESSAÚDE

O Núcleo Técnico-científico de TELESSAÚDE, serviço desenvolvido em gestão compartilhada com a Diretoria de Atenção Básica (DAB), está realizando uma série de ações e produtos para apoiar os gestores e profissionais de saúde da Atenção Básica do Estado. Dentre as ações desenvolvidas, destacam-se o Plantão de Teleconsultoria e o novo serviço de Teleconsultoria especializada, além das webpalestras.

No serviço de Teleconsultoria, profissionais qualificados com diferentes formações na área da Saúde prestam apoio e esclarecem dúvidas sobre os sintomas da doença, manejo clínico, organização do processo de trabalho e das Redes de Atenção à Saúde (RAS) para profissionais de saúde, em até 24 horas. Já no serviço de Teleconsultoria Especializada, firmado a partir de uma parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia – UFBA, mais de 50 docentes estarão preparados para entrar em contato com os profissionais, médicos e odontólogos da Atenção Básica, para apoiá-los no cuidado às pessoas com doenças crônicas, evitando deslocamentos desnecessários, qualificando e ampliando o acesso.

Talita Lopes, médica no município de Brumado e uma das primeiras usuárias do serviço, avaliou a nova oferta como muito positiva para seu trabalho na Atenção Básica. A profissional destacou que a sua dúvida foi prontamente atendida pelo serviço de teleconsultoria e recomendou a utilização da ferramenta para seus colegas da Atenção Básica do Estado da Bahia.

Além desses dois serviços, outros produtos foram elaborados para dar conta da forte demanda por informações sobre a COVID-19 pelos profissionais. A exemplo do PLANTÃO CORONAVÍRUS, no qual o profissional tem a possibilidade de debater com especialistas das diferentes áreas, via palestras on-line, sobre o que tem de mais atualizado sobre a Pandemia da COVID-19. Todas as webpalestras do Plantão são disponibilizadas no site e no canal do Youtube do Telessaúde.

Ainda no site, reunimos e divulgamos vários conteúdos, como notícias e documentos contendo portarias e protocolos; colunas semanais escritas por especialistas e teleconsultores do Núcleo; além de ações relacionadas à área da Saúde que precisam ser adotadas e /ou desenvolvidas nos municípios e/ou pelos profissionais de saúde.

Montamos um banco de “perguntas e respostas”, baseado em evidências científicas, sobre a COVID-19, no espaço “Pergunta da Semana”, e criamos o espaço de “Perguntas Frequentes” nas redes sociais do Telessaúde e da Diretoria de Atenção Básica. Produzimos, também, uma série de podcasts e áudios curtos sobre a COVID-19, que podem ajudar a esclarecer as dúvidas de muitos profissionais. Nesse momento, meios ágeis para propagação de informações são necessários, pois elas mudam com uma frequência muito grande. Todas as ofertas estão disponíveis através do site: www.telessaude.ba.gov.br

MONITORA COVID-19

No âmbito das encomendas tecnológicas recebidas pelo Governo do Estado, a FESF-SUS entregou o “MONITORA COVID-19”. O aplicativo foi construído em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e empresas (Novetech e Core).  Este aplicativo permite a interação com os cidadãos identificando os que tenham sintomas da COVID-19 e o seu monitoramento clínico por médicos do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da FESF-SUS. A iniciativa chamou a atenção do Consórcio Nordeste, que celebrou Convênio de Cooperação Técnica com a FESF para disponibilização do “Monitora COVID-19” para todos os estados nordestinos interessados. Até o momento, o App está em funcionamento na Bahia e no Piauí, e já assinaram termo de adesão os estados do Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

A tecnologia analisa automaticamente as informações fornecidas pelos usuários e, instantaneamente, seguindo um protocolo com alto grau de sensibilidade, identifica a presença ou não de sintomatologia, de fatores de risco para caso grave e sintomas de insuficiência respiratória. Os pacientes sintomático são contatados pelos médicos do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da FESF-SUS, que orientam sobre as medidas necessárias para o melhor cuidado em domicílio ou, em caso de necessidade, a busca pelo serviço de referência mais próximo.

Esse atendimento remoto evita buscas desnecessárias a serviços de saúde, reduz o deslocamento, que inclui a possibilidade de contaminação nesse trajeto, e monitorar pessoas com sintomas e em isolamento domiciliar, dando maior segurança ao usuário.

O aplicatico “Monitora COVID-19 está integrado à Plataforma Eletrônica da Saúde (iPES), que permite a inserção dos dados coletados no registro eletrônico de saúde do cidadão e o acesso destes dados por profissionais de saúde atuando em serviços conectados à iPES, agilizando o atendimento, e por gestores dos SUS que podem, por meio da análise desses dados, mapear os casos, identificar comportamento de grupos e uso dos serviços saúde, além de ações de isolamento, melhorando a eficiência das políticas públicas de combate à pandemia.

https://bit.ly/Monitora_Covid_Bahia

O TELE CORONAVÍRUS – 155

também está incluído no pacote das entregas das encomendas tecnológicas. A plataforma utilizada para os atendimentos foi desenvolvida pela FESF-tech. O serviço gratuito, disponível através do número 155, tem o objetivo de tirar dúvidas e orientar pessoas com sintomas suspeitos de coronavírus, evitando a busca desnecessária por unidades de saúde. Conta com uma retaguarda clínica composta por mais de 600 voluntários, médicos e estudantes de medicina, responsáveis pelo atendimento ao usuário.

A oferta do Governo do Estado da Bahia foi articulada com a Universidade Federal da Bahia e a Fiocruz, em parceria com a SECTI e a SESAB.

PROSPECÇÕES

A FESF-tech inscreveu o PROJETO PILOTO “SAUDE ON” para atendimento domiciliar de 100 pacientes da rede pública de saúde da Bahia, no Edital da Vale.  A oferta faz parte do Desafio Covid – 19, lançado pela empresa a fim de encontrar soluções que minimizem os efeitos da pandemia no país.

Edital do Desafio COVID-19 estabelece categorias para as soluções propostas, dentre elas a de “Monitoramento e Acompanhamento de pacientes”, onde está incluído o projeto apresentado pela FESF-tech No Projeto “Saúde On”, estão previstos recursos para montagem de 100 equipamentos do concentrador, 100 tensiômentros, 100 termômetros e 100 oxímetros, que funcionam via bluetooth. Com isto, espera-se acompanhar os sinais vitais (frequência cardíaca, pressão, saturação e temperatura) dos pacientes à distância, através da central de monitoramento, inclusive pacientes que estejam em isolamento pela Covid-19, pois, por meio da saturação de oxigênio, medida pelo oxímetro, é possível identificar os pacientes que iniciem processo de insuficiência respiratória. 

O resultado das instituições contempladas com o edital será publicado no dia 24/04/202, no site da Vale (www.vale.com)

REDE DE SENTINELAS QUALIFICADA

O projeto construído em parceria com a UFBA, FIOCRUZ e SESAB prevê a criação de uma Rede de Monitoramento da COVID-19, com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde nos municípios baianos. Este projeto foi inscrito na FAPESB, no Edital para apoio à pesquisa no combate ao novo coronavirus (Covid-19).

O conhecimento do território e das famílias pelos ACS um potente elemento de busca ativa aos indivíduos sintomáticos respiratórios leves. Espera-se, com o projeto, o desenvolvimento de alguns produtos e subprodutos: aplicação para celular para rastreio de sintomáticos pelo agente de saúde;  sistema de controle e gestão dos agentes e dos gestores;  repositório de dados coletados para acesso e integração com outras ações; painel com dados processados com acesso pelos gestores em tempo real;  elaboração de boletim padrão automático com possibilidade de parecer de especialista; e a integração dos dados com outras ações de enfrentamento do Estado.

Os projetos contemplados no edital serão divulgados a partir do dia 20/04/2020, no site da instituição.

AÇÃO EDUCATIVA – “Coronavírus Informações”

As ações de contenção da FESF-SUS à COVID 19 foram estendidas às ruas da capital. A partir da iniciativa do Fórum “Pensar Saúde”, e do membro do Conselho Curador da FESF-SUS e Conselheiro Estadual de Saúde – Marcos Antônio Sampaio, a FESF-SUS apoiou a ação “Coronavírus Informações”.


As orientações estão disponíveis em vários pontos da cidade em forma de adesivos, para evitar a distribuição de panfletos, o que, segundo o Conselheiro, é também um instrumento de prevenção da proliferação e do contágio pelo vírus.

A intenção é que as pessoas, mesmo aquelas que ainda precisem circular nas ruas, sejam informadas sobre os cuidados preventivos para o novo coronavírus. “Recebemos parabéns de várias pessoas na ação da colagem, acreditamos que com a informação podemos reduzir o contágio”, destacou o Conselheiro.


A campanha da FESF-SUS segue, ainda, pelas redes sociais: @susfesf (Instagram) e @fesfsusbahia (facebook).  O documento com as medidas de contenção ao Covid 19 poderá ser consultado através do site www.fesfsus.ba.gov.br

APOIO ÀS GESTANTES EM TEMPOS DE PANDEMIA

As enfermeiras obstetras lotadas no Serviço de Apoio ao Parto Natural Humanizado, realizado pela FESF-SUS, em gestão compartilhada com a SESAB, em 16 municípios, elaboraram uma série de materiais para orientar os profissionais de saúde e gestantes no enfrentamento à COVID – 19, conforme notas técnicas e resoluções do Ministério da Saúde e da SESAB.

As orientações são para as gestantes e também para os enfermeiros obstetras que tiveram uma mudança na conduta na assistência ao parto para torná-lo ainda mais seguro, tendo em vista que eles ocorrem em unidades hospitalares. E para as gestantes com suspeita ou COVID 19 confirmadas, a orientação de cuidados seguros, protegendo mãe e bebê.

Como parte do instrumento de Gratificação por Qualidade, no mês de abril, está prevista a entrega de um plano de ação para enfrentamento à COVID 19 na mulher no ciclo gravídico puerperal. O plano deverá ser elaborado juntamente com a equipe de gestão municipal e a gestão do Hospital de Pequeno Porte (HPP).

Os canais de comunicação online são uma potente ferramenta para estreitar a relação entre o profissional e as gestantes. Os grupos de whatsApp criados com a gestão municipal e as gestantes possibilitam definição de fluxos efetivos, orientações e agendamentos de visitas e consultas, sempre com a orientação de evitar aglomerações. 

SERVIÇO LACEN/CIEVS

Com o objetivo de ampliar a capacidade instalada do Laboratório Central de Saúde Pública Profº Gonçalo Moniz – LACEN/Bae do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – CIEVS, a SESAB firmou o décimo termo aditivo ao contrato de programa. Com isso, pretende desenvolver ações, em gestão compartilhada com a SESAB, para garantir a realização das análises das amostras biológicas coletadas em toda a rede de serviços e melhorar os fluxos de atendimento aos casos de infecção pelo 2019-n CoV e outros vírus respiratórios de interesse de saúde pública; bem como fortalecer a capacidade de alerta e resposta do SUS frente às emergências em saúde pública, atuando de forma coordenada e articulada com as vigilâncias em saúde, rede assistencial, ANVISA e outros órgãos envolvidos na prevenção e controle do COVID-19.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.