A FESFSUS apoia o novembro azul

Avalie este item
(1 Votar)

CAMPANHA

Em novembro, a saúde é azul

Mês é dedicado a conscientizar homens sobre a prevenção ao câncer de próstataDepois do Outubro Rosa, que chamou a atenção de mulheres para a prevenção do câncer de mama, vem aí o Novembro Azul, para alertar os homens sobre a importância do exame para detectar o câncer de próstata – glândula do sistema reprodutor que armazena os líquidos. Em Joinville, algumas empresas, como a Ciser, já aderiram à campanha e prometem incentivar os funcionários a realizar o preventivo.

Durante todo o mês, serão distribuídos folderes educativos e mensagens por meio das redes sociais e cartazes. No dia 17, data mundial de combate ao câncer de próstata, a fachada da Ciser irá receber uma iluminação azul. A campanha teve início nos Estados Unidos, onde leva o nome de Movember – junção das palavras moustache (bigode, em inglês) e november (novembro).

Para o urologista Jean Guterres, do Hospital Municipal São José, a iniciativa é extremamente importante, considerando o aumento da incidência de casos de câncer de próstata no Brasil. “Segundo informações do Ministério da Saúde, a estimativa é de que 62 mil novos casos sejam registrados no País em 2013. No ano passado, foram 54 mil casos”, afirma. “Isso significa que um em cada seis homens com mais de 50 anos desenvolve o câncer de próstata, que entre os homens está entre os tipos de tumores mais comuns”, ressalta. O especialista ainda lembra que quem tem histórico familiar deve começar a fazer o preventivo aos 40 anos.

De acordo com o urologista, a recomendação é de que todos os homens acima de 50 anos façam o exame preventivo uma vez por ano. “Mas, infelizmente, por causa do machismo e do preconceito, ainda é muito pequena a parcela de homens que fazem o exame regularmente”, diz o médico. A boa notícia, segundo ele, é que o número vem aumentando, graças a importantes aliadas: as mulheres. “Muitos pacientes vão ao consultório levados pela esposa”, afirma o médico.

fonte:www.clicrbs.com.br
Ler 1126 vezes